“Representação da Vida”

“Representação da Vida”

Penso que o mundo é uma maquete, que precisa de boot, algoritmo, para se estabilizar, e somos Bots humanos, e vamos aprendendo com o passar do tempo os valores postos pelo programador, que nos deixa dados do tipo real ou inteiro e até literal, e aos 29. Anos sou Lógico, “booleanos” e comparo minha vida com o pseudocódigo, que de uma forma genérica e simples se adapta com toda programação. “Representação da Vida”. Edinílson Santos Vieira (2020).

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Add your ORCID here. (e.g. 0000-0002-7299-680X)